Corumbá/MS, Sábado, 26 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Segunda-Feira, 22 de Junho de 2020, 14h:56
Tamanho do texto A - A+

Vereador cobra esclarecimentos sobre falta de integração no transporte coletivo

Delegado Wellington encaminhou um ofício ao Consórcio Guaicurus cobrando explicações e a solução para o problema

Leonardo Barbosa
Capital News

Flavia Andrade

Delegado Wellington fala sobre Segurança Pública e projetos de melhorias

Delegado Wellington (PSDB) pede esclarecimentos ao Consórcio Guaicurus

Após denúncias recebidas da população referente ao não funcionamento da integração entre as linhas de ônibus, o vereador Delegado Wellington (PSDB), encaminhou um ofício ao Consórcio Guaicurus, cobrando explicações e pedindo a solução para o problema.

 

De acordo com os usuários que procuraram o parlamentar, a integração do vale transporte em até duas horas entre os ônibus, previsto em decreto municipal, não vem acontecendo, e muitos trabalhadores pegam mais de duas linhas para se deslocar ao trabalho, e agora precisam entrar pela porta da frente em todos os terminais, gerando desconforto e prejuízos financeiros.

 

No ofício endereçado ao Diretor-presidente do Consórcio Guaicurus, João Rezende Filho, o parlamentar cobra soluções imediatas, justificando ser “inadmissível um cidadão ter que desembolsar, diariamente, a quantia de até R$ 16,00 reais, (valor referente a duas passagens de ida e mais duas passagens de volta) para se deslocar da sua casa para o trabalho, e retornar, utilizando o transporte público”.

 

 

O benefício da integração entre linhas de ônibus foi oficializado em Campo Grande através do nº 13.601, de 13 de agosto de 2018. O benefício que permite a troca de ônibus fora dos terminais sem pagar uma nova passagem. A integração vale apenas para os cartões dos tipos vale-transporte, passe do estudante, cartão cidadão e para os passageiros isentos da tarifa. Os pré-pagos não contam com o benefício, além disso, o benefício não pode ser usado para fazer o trajeto de volta ou para embarcar na mesma linha.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix