Corumbá/MS, Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 13h:57
Tamanho do texto A - A+

Traficante é presa duas vezes em 20 dias

Presa é acusada de comandar a “boca da Vânia”

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação/ PC Ladário

Presa é acusada de comandar a “boca da Vânia”

Pela primeira vez Vânia foi presa no dia 29 de agosto

Vânia Soares Miranda foi presa por tráfico de drogas no fim de agosto e em menos de 20 dias, cumpria prisão domiciliar, foi novamente presa em sua casa, na rua Emília Alves, no bairro Boa Esperança, em Ladário. Ela é acusada de comandar a "boca da Vânia”. O flagrante aconteceu na  última terça-feira, 17 de setembro.

 

A equipe policial foi até a casa de Vânia e a prendeu por tráfico de drogas. Além disso, foram apreendidos moedas e alguns papelotes do entorpecente que estavam prontos para serem vendidos.

 

Investigadores da Polícia Civil de Ladário, segundo o site Diário Corumbaense, realizavam rondas pela região, que é conhecida pela comercialização de drogas, quando encontraram um usuário de entorpecente, que estava saindo da residência de Vânia e foi abordado. Ele confessou que havia comprado a "paradinha" da mulher pelo valor de R$ 10,00 e que ela entregou a pasta base pela janela.

 

Serviço 

“Toda e qualquer denúncia pode ser feita pelo disque denúncia. O aplicativo WhatsApp tem o número (67) 99668-1679. O sigilo da identidade e número telefônico são mantidos. É uma forma de aproximar ainda mais a população da Polícia Civil”, falou o delegado Luca Venditto Basso, titular da Delegacia de Ladário.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix