Corumbá/MS, Quinta-Feira, 18 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 23 de Julho de 2015, 19h:03
Tamanho do texto A - A+

Total de 40 embarcações passaram por inspeção da Marinha no primeiro dia de Operação Ágata

Total de mil militares da Marinha estão trabalhando nas ações na região de Corumbá

Erik Silva
De Corumbá para o Capital News

Divulgação

Total de 40 embarcações passaram por inspeção da Marinha no primeiro dia de Operação Ágata

Monitor Parnaíba realiza patrulhamento no Rio Paraguai

Corumbá (MS)- A primeira parcial emitida pelo comando do 6º Distrito Naval de Ladário referente a Operação Ágata 9, informa que o total de 40 embarcações já teriam sido vistoriadas pela fiscalização que vem sendo realizada nas águas do Rio Paraguai. Segundo a informação da Assessoria de Comunicação, três delas foram notificadas ao ser observado irregularidades referente a documentação.

 

 Saiba Mais

  Com 4,2 mil militares, Ministério da Defesa inicia Operação Ágata 9

Nas ações da Operação Ágata 9 estão sendo empregados navios do Comando da Flotilha de Mato Grosso, um Grupo Tarefa de militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário, além de embarcações da Capitania Fluvial do Pantanal (CFPN).  A CFPN está realizando Inspeções navais e ações de presença na calha do Rio Paraguai, dentro de suas respectivas áreas de jurisdição.

O Capitão dos Portos, Capitão-de-Fragata, Carlos Rodrigo Cerveira enfatizou a importância da CFPN participar desta Operação. “A atividade de inspeção naval é realizada rotineiramente pela Capitania dos Portos, mas com a Operação Ágata temos a oportunidade de trabalhar em conjunto com instituições públicas nas esferas federal, estadual e municipal, apoiando os demais órgãos em prol de uma presença mais marcante do estado brasileiro em áreas de fronteira”, declarou o Capitão dos Portos.

Os meios empregados para realizar a patrulha naval são o Monitor “Parnaíba” (U17), Navio Transporte Fluvial “Paraguassu” (G15), Navio de Apoio Logístico Fluvial “Potengi” (G17), Navio Patrulha “Poti” (P15), Navio Patrulha Piratini (P10) e Navio Transporte Fluvial Almirante Leverger (G16). O Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano” (U28) realiza atendimentos médicos e odontológicos à população ribeirinha ao longo do Rio Paraguai.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix