Corumbá/MS, Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2020, 13h:08
Tamanho do texto A - A+

Seis pessoas são presas por roubo de veículos

Quadrilha foi desarticulada pela PRF e Batalhão de Choque

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PRF

Seis pessoas são presas por roubo de veículos

Ação aconteceu na última quarta-feira

Em ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Batalhão de Polícia de Choque da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, prendeu seis pessoas envolvidas com roubo de veículos. Caso aconteceu na última quarta-feira (29) em Corumbá.

Divulgação/PRF

Seis pessoas são presas por roubo de veículos

Veíuclo foi recuperado durnate abordagem

 

Na operação foram nove pessoas envolvidas nas ocorrências e quatro veículos roubados/furtados recuperados. As abordagens ocorreram no km 602 da BR-262. No início da madrugada foi abordada uma Fiat/Strada, placas aparentes de Betim (MG). O motorista, de 41 anos, disse que havia comprado o veículo recentemente e que iria para Corumbá (MS), onde deveria revender.

 

Diante das suspeitas, os policiais descobriram que as placas do carro eram falsas, sendo as verdadeiras também de Betim (MG), com registro de roubo/furto desde o dia 16 de janeiro de 2020.

 

Após o flagrante, o condutor confessou que deixaria a Fiat/Strada em um estabelecimento em Corumbá para outro homem. Ele disse também que na semana passada entregou para o mesmo suspeito, uma caminhonete Toyota/Hilux. Ele foi preso e encaminhado com o veículo, para a Polícia Civil em Miranda. 

 

Algumas horas depois, as equipes abordaram um VW/Voyage com placas de Belo Horizonte (MG). O condutor, um homem de 33 anos, mostrou-se nervoso, dizendo que iria para Corumbá (MS) passear, porém entrou em contradições diversas vezes.

 

Por fim, o envolvido confessou que havia sido contratado para levar o veículo para a fronteira com a Bolívia e receberia R$ 6 mil pelo serviço. O preso e o veículo foram encaminhados para a Polícia Judiciária local.

Divulgação/PRF

Seis pessoas são presas por roubo de veículos

Acusado estavam no caminhão

 

Segundo a PRF a terceira ocorrência foi no início da tarde, os policiais abordaram um caminhão Volvo/FH 440, acoplado a um reboque, com placas de Formiga (MG). O motorista, de 26 anos, disse que havia sido contratado para levar a carreta até a cidade de Corumbá (MS) após ver o anúncio de trabalho em um site de vendas e que recebia o endereço de entrega através de um aplicativo de mensagens.

 

As equipes da PRF e do BPChoque escoltaram os veículos até o destino. No local, um VW/Gol se aproximou. O condutor, um homem de 37 anos, entregou ao caminhoneiro um Manifesto Internacional de Carga Rodoviária (MIC/DTA) para justificar a entrada do caminhão na Bolívia. O motorista do VW/Gol foi detido e declarou ter recebido a nota fiscal de outro homem, que também foi detido.

 

Enquanto isso, o condutor do caminhão recebia outra localização para levar os veículos, os policiais também o acompanharam até o local e localizaram uma mulher e dois homens que aguardavam o caminhão para atravessá-lo para a Bolívia. Os três suspeitos foram detidos e confessaram que estavam envolvidos no transporte ilegal.

 

Ao entrar em contato com a proprietária do caminhão, os policiais descobriram que o verdadeiro motorista estava desaparecido e que o boletim de ocorrência seria registrado em São Paulo.  As seis pessoas envolvidas na ocorrência foram presas e encaminhadas para a Polícia Civil de Corumbá junto com a carreta.

 

Já na última ocorrência, foi abordado um M.Benz/GLA 200, placas de Belo Horizonte (MG). O condutor, de 27 anos, demonstrou evidente nervosismo durante a entrevista policial. Questionado sobre onde havia adquirido o veículo, o homem confessou que recebeu o automóvel em Campo Grande e que o levaria até Corumbá. Pelo serviço, ele disse que receberia R$ 1,5 mil , sendo encaminhado para a Polícia Judiciária local.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix