Corumbá/MS, Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020, 09h:19
Tamanho do texto A - A+

Polícia Federal investiga crimes ambientais no Pantanal

Ação tem como objetivo possíveis invasões à Reserva Kadiweu e eventuais danos ao meio ambiente

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Corpo de Bombeiros

Combate aos focos de calor se intensifica em sete frentes

Operação cumpre 30 mandados de busca e apreensão

 

A operação Ceuci  investiga a ocorrência de

crimes ambientais e invasão de terras da União, em áreas da Reserva Indígena Kadiweu em Mato Grosso do Sul. A ação foi deflagrada nesta quarta-feira (21) nas cidades de Miranda, Bodoquena e Campo Grande. 

 

De acordo com a Polícia Federal a investigação teve início em junho de 2019 e visa apurar a ocupação e exploração de áreas indígenas além de crimes ambientais decorrentes de desmatamento.

 

Com o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, os agentes pretende identificar os ocupantes das referidas áreas, bem como eventuais atividades econômicas desenvolvidas e a existência de danos ambientais.

 

Estão sendo cumpridos 30 Mandados de Busca e Apreensão expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande. A ação conta ainda com o apoio do Exército Brasileiro, através da disponibilização de aeronaves, e de servidores do IBAMA.

 

Nome

O nome da Operação CEUCI faz referência a uma Deusa Indígena protetora das lavouras e moradias dos indígenas.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix