Corumbá/MS, Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019, 13h:08
Tamanho do texto A - A+

“Mata Rindo” é preso na operação Kratos

Autor tentou fugir ao ver a viatura da Polícia Militar

Elaine Silva
Capital News

Divulgação

“Mata Rindo” é preso na operação Kratos

Charles Wanderson Gonçalves de Matos

Já com um mandado de prisão Charles Wanderson Gonçalves de Matos, 27 anos, conhecido como “Mata Rindo”, foi preso pela equipe da Força Tática da Polícia Militar, na segunda-feira (19), durante a Operação Kratos.

“Mata Rindo”, que é integrante da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) estava em uma residência na região conhecida como Havaí, nas proximidades do bairro Cervejaria, parte baixa de Corumbá. Ao perceber a presença dos pm’s, ele fugiu e entrou em outro imóvel, mas acabou localizado e preso. Segundo o site Diário Online, também foram feitas buscas na casa onde ele estava, sendo possível apreender 22 gramas de cocaína, munições e pouco mais de R$ 300 em dinheiro trocado, característica de comércio de entorpecentes.

A prisão dele aconteceu por meio da Operação Kratos, deflagrada em Corumbá e Ladário pelas Polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal e a Agepen (Agência do Sistema Penitenciário)."Mata Rindo" já tinha mandado de prisão expedido pela Justiça. Ele é acusado de envolvimento na morte de um rapaz que foi decapitado em 16 de outubro de 2018. O corpo de Márcio Lucas Preza Libanio, foi encontrado em uma área localizada próximo à ladeira Dona Emília, no bairro Beira Rio. Em julho deste ano, a Polícia Civil divulgou que “Mata Rindo” era foragido da Justiça por homicídio qualificado e organização criminosa.

Kratos
O nome da operação desencadeada na região, faz alusão ao personagem da mitologia grega conhecido como Deus da Guerra ou da Força, referindo-se assim ao combate ao crime.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix