Corumbá/MS, Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 14h:36
Tamanho do texto A - A+

Bolsonaro retira sonda nasogástrica

E recomeça dieta líquida

Laryssa Maier
Capital News

Marcello Casal Jr/Agencia Brasil

Bolsonaro retira sonda nasogástrica

O cirurgião Antonio Luiz Macedo

Nesta sexta-feira (13) a equipe médica que acompanha o presidente Jair Bolsonaro, retirou a sonda nasogástrica colocada na quarta-feira (11). O tubo entrava pelo nariz e ia até o sistema digestivo para retirar o excesso de gás e líquido. “Nós pudemos tirar a sonda gástrica porque a drenagem dela foi bem reduzida. Ele começou a ter função intestinal”. explicou Antônio Luiz Macedo o cirurgião-chefe da equipe.

 

 

Com a resposta do intestino, voltou a ser administrada, gradualmente, a dieta líquida. A cada hora, o presidente recebe 50 mililitros de água e outros líquidos, avaliando as reações a esses alimentos.

 

Segundo o boletim médico divulgado hoje pelo Hospital Vila Nova Star, onde o presidente está internado desde o fim de semana, Bolsonaro teve “melhora acentuada dos movimentos intestinais”. A previsão do médico é que Bolsonaro possa ter alta em três ou quatro dias, a depender da evolução do quadro de saúde. Para isso, o intestino do presidente precisa ser capaz de suportar ao menos a dieta cremosa ou pastosa, com alimentos mais consistentes e que fornecem a quantidade de calorias necessárias para as atividades cotidianas.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix