Corumbá/MS, Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 12h:51
Tamanho do texto A - A+

Fundesporte se reúne com CBV para discutir Liga das Nações

Brasil, Alemanha, Rússia e Itália devem jogar em Campo Grande em junho de 2020

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação/CBV

Fundesporte CBV

Dirigentes da CBV se reuniram com representantes do Governo do Estado

A Seleção Brasileira de Vôlei está mais perto de retornar ao Mato Grosso do Sul. Nesta semana, o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Marcelo Ferreira Miranda, esteve reunido com dirigentes da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). 

 

Em vistoria, os representantes da entidade analisaram o andamento das obras de revitalização do Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, que deve receber uma das etapas da Liga das Nações de Voleibol Masculino entre os dias 19 e 21 de junho de 2020. O Brasil enfrentará Itália, Alemanha e Rússia. Se confirmado o acordo, Campo Grande voltará a receber a Seleção Brasileira após 16 anos. A última vez em que o selecionado verde e amarelo esteve na Capital foi em 2004, quando derrotou Portugal duas vezes por 3 a 0. 

 

Visita positiva

 

Além da inspeção, o superintendente técnico Renato D´Avila e o gerente do setor de Captação de Recursos e Responsabilidade Social da CBV, Marcos Aurélio Gonçalves, tiveram encontro com autoridades responsáveis pela administração do voleibol na Capital e no Estado, e pela reforma do ginásio. D'Avila classificou a visita como positiva. “Nossa missão foi nos reunirmos com as autoridades do governo de Mato Grosso do Sul e da federação para tratarmos da forma como o convênio que vai ser firmado entre CBV e governo será conduzido”.

 

O dirigente ainda confirmou que a parceria entre CBV e Governo do Estado está avançada e o acordo será concretizado em breve. “Tivemos a presença de autoridades do governo e da prefeitura de Campo Grande, procuradores dos órgãos e fizemos uma reunião grande de alinhamento onde foram tratados os próximos passos desse acordo”.

 

Segundo o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, o convênio firmado será de R$ 1,3 milhão. “Já fizemos a primeira reunião de trabalho, está tudo alinhado. Agora, estão providenciando a documentação entre o Governo do Estado e a CBV para que possamos viabilizar os recursos para esse megaevento”.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix