Corumbá/MS, Domingo, 15 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019, 18h:51
Tamanho do texto A - A+

Plataforma de acesso ao Porto Geral tem 84% da obra concluída

Implantação da Funicular/Plano Inclinado faz parte do pacote do PAC Cidades Históricas para Corumbá, e tem investimento de aproximadamente R$ 1,4 milhões

Paula Navarro
Capital News

Clóvis Neto/PMC

funicular

Prefeito visitou obra e diz que investimento mobilidade, urbanização, melhoria das condições socioambientais

 

As obras da Funicular/Plano Inclinado, que vai permitir acesso diferenciado ao Porto Geral de Corumbá, está em fase de conclusão. Em visita ao local, o Prefeito Marcelo Iunes constatou que depois de concluída, a plataforma vai promover a mobilidade, urbanização, melhoria das condições socioambientais, turísticas e a acessibilidade facilitando o acesso da população – e visitantes - ao Porto Geral e à orla fluvial no Porto Geral e ao Complexo do Geopark na Cacimba da Saúde.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos de Corumbá, 84% dos serviços concluído. A Requalificação Urbanística na ligação da parte alta com a parte baixa da cidade – Implantação Plano Inclinado, faz parte do pacote do PAC Cidades Históricas para Corumbá, e tem investimento de R$ 1.479.627,35.

 

Ainda conforme a Seinfra, trata-se da montagem de um equipamento que possui duas plataformas de entrada: a superior, que se encontra na avenida General Rondon, próximo ao Antigo Hotel Galileo no início da rua Frei Mariano; e a inferior, em uma pequena praça que dá acesso ao Porto Geral através da Travessa Mercúrio.

 

Para utilizar a plataforma, o passageiro terá que estar em uma das extremidades e entrar na cabine do elevador, que terá capacidade para seis pessoas. A cabine, popularmente conhecida  como Funicular/Plano Inclinado – percorre um trilho inclinado, num trajeto de 45 metros, vencendo um desnível (altura) de 19 metros entre a plataforma superior e a inferior. Serão duas plataformas, de embarque e desembarque. A obra de intervenção contempla também um abrigo para a recepção, casa de máquina, sanitário para funcionário e controle de entrada-saída ao equipamento de cabine.

 

Conforme a assessoria da PMC, o prefeito Marcelo Iunes destacou que a intervenção tem a finalidade de proporcionar melhor mobilidade favorecendo os pedestres no fácil acesso às áreas históricas, de visitação e contemplação. E enfatiza que a Funicular poderá atender tranquilamente pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

 

A iniciativa prevê uma alternativa viável para o acesso ao Porto. Até o momento, as ladeiras  e Escadinha da XV, ainda que partes fundamentais da memória e tradições culturais corumbaense, são as únicas formas de acessibilidade, mas que devido à grande inclinação, dificultam a mobilidade de ônibus de transporte público e pedestres.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix