Corumbá/MS, Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Segunda-Feira, 05 de Agosto de 2019, 16h:59
Tamanho do texto A - A+

Indústria de MS emprega mais de mil pessoas no 1° semestre

Presidente da Fiems prevê um 2º semestre ainda melhor

Laryssa Maier
Especial para o Capital News

Divulgação/FIEMS

Indústria de MS emprega mais de mil pessoas no 1° semestre

"País vive um cenário mais favorável e a indústria vai continuar avançando"

Levantamento realizado pelo Radar Industrial da Fiems, de acordo com os dados disponibilizados, de janeiro a junho, as indústrias do Estado registram saldo positivo graças às 30.790 contratações e 28.827 demissões. Setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, encerrou o 1º semestre deste ano com a geração de 1.918 novos postos de trabalho.

 

Presidente da Fiems, Sérgio Longen “São aproximadamente quase dois mil empregos a mais no 1º semestre deste ano gerados pela indústria do Estado. Trata-se de um número muito significativo e demonstra que, desde o ano passado, o setor vem tomando corpo e se fortalecendo”.

 

Segundo Longen, o  2º semestre, as coisas devem melhorar ainda mais para o setor industrial do Estado. “Até porque as reformas estruturantes no Brasil estão avançando e o Congresso Nacional começa a responder mais positivamente aos desejos do setor produtivo brasileiro. Os parlamentares, principalmente os novatos, estão demonstrando mais habilidade nas discussões dentro das comissões e também durante as sessões”, afirmou.

 

Para Sérgio Longen, com certeza o País vive um cenário mais favorável e a indústria vai continuar avançando, tanto a estadual, quanto a nacional. Além disso, novas empresas estão vindo para Mato Grosso do Sul e vão gerar mais empregos. Consequentemente, isso vai impactar com um saldo ainda mais positivo para o setor até o fim deste ano.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix