Corumbá/MS, Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Terça-Feira, 09 de Novembro de 2021, 16h:06
Tamanho do texto A - A+

Balança comercial de MS acumula superávit de US$ 3 bilhões

Marca superou em 8,56% o acumulado no mesmo período de 2020

Silvio Ferreira
Capítal News

Paulo Cardoso/Canal Rural/Semagro

Balança comercial de MS acumula superávit de US$ 3 bilhões

Resultados das exportações de Mato Grosso do Sul

De janeiro a outubro de 2021, os resultados das exportações de Mato Grosso do Sul registraram um superávit acumulado de US$ 3,8 bilhões, marca 8,56% superior à verificada no mesmo período do ano passado, fruto principalmente, das exportações de soja (35,87% da pauta) e celulose (21,77% da pauta), que lideram as exportações do Estado. Destacam-se ainda o crescimento das exportações de produtos de origem animal (carne bovina (22,97%) e carne de aves (33,2%)); e derivados da soja (55,9%) que estão em alta no mercado internacional.

 

A China permanece como principal destino das exportações com 47,22% dos valores exportados, embora em termos percentuais esteja um pouco abaixo do apurado no mesmo período do ano passado (47,8%). Apresentaram crescimento as exportações para o Egito (+63,4%) e Estados Unidos (+58,82%). O município de Três Lagoas (onde se concentram as fábricas de celulose) continua como principal exportador de produtos de MS, com 36,07% da pauta do Estado.

 

Os dados constam na Carta de Conjuntura nº 72 elaborada pelo setor de Estatística da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), com base em informações da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

 

Divulgação/Semagro

Balança comercial de MS acumula superávit de US$ 3 bilhões

Secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna

 

Carta de Conjuntura

Cartas de Conjuntura do Setor de Exportação são instrumentos informativos que servem de fonte de referência para investidores, analistas de mercado, jornalistas e pesquisadores. A publicação é mensal, disponibilizada na página da Semagro na Internet e é baseada nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), por meio da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

 

Segundo a assessoria de Comunicação do governo do estado, para o secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna, “o quadro é de estabilidade com viés de alta para a maioria dos produtos. A exceção é o milho, que apresentou queda nas exportações devido à safra ruim causada pelas más condições do clima. Já o volume exportado de soja continua crescendo. No geral temos uma balança equilibrada, atestando a segurança de nossa economia”, concluiu Senna.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix