Corumbá/MS, Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 11h:56
Tamanho do texto A - A+

Santa Casa de Corumbá recebe recomendações do MPF

Ação é para atendimento de pacientes do SUS; unidade hospitalar enfrenta sérios problemas de ordem econômico-financeira

Elaine Silva
Capital News

Renê Márcio Carneiro/PMC

Prefeitura abre licitação para reformas do Centro Obstétrico e da Santa Casa

Santa Casa de Corumbá

Ministério Público Federal (MPF) em Corumbá (MS) recomendou à Santa Casa do município que adote providências que confiram transparência e otimizem a gestão da unidade hospitalar. No documento é recomenda que as informações dos setores de gestão do hospital possam ser amplamente acessadas pelos órgãos e setores de auditoria, para assegurar o controle técnico e social de ingressos e saídas de recursos. Os funcionários vinculados à Santa Casa, incluindo médicos e enfermeiros, deverão ser qualificados para preencher completa e adequadamente os sistemas, de onde deverão ser extraídos relatórios mensais.

 

Além de estabelecer critérios para que toda e qualquer operação financeira seja devidamente registrada, a recomendação também trata de aspectos relacionados à rotina hospitalar, como a exibição dos nomes dos profissionais médicos em plantão no período; a criação de um Conselho Gestor com caráter consultivo e permanente; e a implantação do Portal da Transparência da Santa Casa de Corumbá. Segundo o MPF, os dois sistemas informatizados para gerenciamento das atividades do hospital não são adequadamente alimentados, dificultando a realização de controle técnico e social e restringindo o acesso às informações referentes às aplicações de recursos públicos.

 

As diretorias e a Junta Administrativa do hospital têm o prazo de 10 dias, a partir do recebimento, para informar se acatarão ou não a recomendação, com os respectivos fundamentos. O descumprimento injustificado pode resultar na adoção das medidas administrativas e judiciais cabíveis.

 

Procedimentos em trâmite no MPF relacionados à Santa Casa de Corumbá

- IC 1.21.004.000196/2014-21: instaurado para apurar a existência de pagamento acima do teto constitucional a médicos/burla ao sistema de internações e equipamentos doados e fora de uso pela inadequação das instalações físicas.

 

- IC 1.21.004.000007/2017-62: instaurado para apurar possível irregularidade no uso de repasses para ações e serviços públicos de saúde feitos pela União para as cidades de Corumbá e Ladário.

 

- IC 1.21.004.000192/2017-95: instaurado para apurar os recursos federais recebidos pela Santa Casa, bem como a consequente prestação de contas aos órgãos de controle.

 

- IC 1.21.004.000333/2018-51: instaurado para apurar a observância de práticas que garantam a adequada aplicação de recursos federais e o devido controle social pelo município de Corumbá.

 

- PP 1.21.004.000049/2019-65: instaurado para estruturar, consolidar e capacitar os Conselhos Municipais de Saúde de Corumbá e Ladário.

 

- IC 1.21.004.000188/2019-99: instaurado para assegurar transparência nas contas da Santa Casa, por meio da divulgação de informações à população pela rede mundial de computadores.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix