Corumbá/MS, Sábado, 11 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 09h:59
Tamanho do texto A - A+

Dourados intensifica orientação e fiscalização contra dengue

Mais de mil pessoas testaram positivas para dengue de janeiro a maio deste ano

Rogério Vidmantas
Capital News

Assecom

CCZ Dourados

Equipes atuam em todo o município para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti

As atenções estão na pandemia do coronavírus, mas outras doenças seguem levando perigo aos moradores de Dourados e a prevenção e cuidados não podem ser esquecidos. Ações estão sendo desenvolvidas pelo Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) para o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika vírus e a chikungunya.

 

Dados do CCZ mostram que mesmo diante do incessante trabalho dos agentes, 1.075 pessoas testaram positivas para dengue em Dourados, de janeiro a maio deste ano, exigindo um ‘esforço comunitário’. O alerta que os agentes fazem para a população é que contribua com a eliminação do vetor, com foco em saúde pública.

 

As orientações, bloqueios químicos e fiscalizações são constantes, inclusive com plantões dos agentes aos finais de semana. “O mês de junho iniciou com dias chuvosos e é preciso que a população esteja ainda mais alerta quanto à eliminação dos recipientes com acúmulo de água nos quintais da residência”, explica a coordenadora do CCZ, Rosana Alexandre da Silva.

 

Nesta semana houve auto de infração emitido ao proprietário de um terreno situado no Vival dos Ipês, por conta do acúmulo de lixo e mato no local. Em casos como este, se o proprietário não realiza a limpeza do local é cabível multa no valor de R$ 1.300, conforme Lei 3.965, de 22 de fevereiro de 2016. “Com as chuvas dispersas, os douradenses precisam estar atentos, tirar o lixo do quintal, observar os potes de plantas, vasilhas dos animais, enfim, se juntar a nós nesta luta contra o mosquito”, ressalta a coordenadora.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix