Corumbá/MS, Segunda-Feira, 21 de Junho de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 08 de Maio de 2021, 11h:05
Tamanho do texto A - A+

Com mão de obra de presos, reforma de escola irá beneficiar mil alunos

Previsão é da unidade escolar ser inaugurada neste mês de maio

Elaine Silva
Capital News

Tatyane Santinoni/Agepen

Com mão de obra de presos, reforma de escola irá beneficiar mil alunos

Escola Estadual “Professora Zélia Quevedo Chaves”

Obras na Escola Estadual “Professora Zélia Quevedo Chaves”, no bairro Iracy Coelho Netto, em Campo Grande, estão a todo vapor e está sendo totalmente reformada por presidiários. A previsão é de ser inaugurada neste mês.

A iniciativa acontece por meio do  projeto “Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade”. Presos em regimes semiaberto e aberto do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, na Capital, que também custeiam as obras, com os descontos dos salários dos apenados, previsto no art. 29, da Lei de Execução Penal.

Tatyane Santinoni/Agepen

Com mão de obra de presos, reforma de escola irá beneficiar mil alunos

Reforma de escola, realizada por presos


Os trabalhos são desenvolvidos desde 2013, já contou com a participação de 275 reeducandos e acontecem por meio da parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Secretaria de Estado de Educação (SED) e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), por meio da 2ª Vara de Execução Penal de Campo Grande.

Iniciadas em dezembro, as obras seguem até o final de abril e contemplam a reforma da parte elétrica, hidráulica, pintura geral, reestruturação completa dos banheiros, cozinha e instalação de bancos por todo o pátio, que contribuirá na organização e disciplina dos alunos durante os intervalos das aulas. Segundo a Agepen, ao todo, 25 internos estão trabalhando em uma jornada de oito horas por dia, na revitalização da instituição, garantindo um espaço mais organizado e harmônico aos alunos. O transporte diário dos presos é de responsabilidade da SED.
 
Reforma
Com uma área total de 10,5 mil metros quadrados, a E.E. “Prof.ª Zélia Quevedo Chaves” contará com a ampliação da secretaria para guardar material e arquivos escolares, nova varanda, bancos e bebedouro, que irão atender os pais dos alunos e visitantes.

A cozinha está sendo totalmente reestruturada com instalação de revestimentos, exaustor, tomadas e parte hidráulica; assim como, a criação de um depósito para guardar material de limpeza, pedagógico, entre outros.

Além disso, serão instalados nas salas de aula dez aparelhos condicionadores de ar, no modelo split 18.000 btus, doados para o projeto com o apoio do Sistema Fecomércio.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix