Corumbá/MS, Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 17 de Julho de 2021, 15h:11
Tamanho do texto A - A+

Aeronaves viabilizam vacinação contra Covid-19 no Pantanal

Imunização em massa foi finalizada na última quinta-feira

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/Portal MS

Aeronaves viabilizam vacinação contra Covid-19 no Pantanal

Vacinação em Corumbá

Por meio do apoio de fazendeiros do Pantanal sul-mato-grossense a vacinação em massa 

na região de Corumbá foi finalizada, alcançando a meta de imunizar praticamente toda a população que reside na região. Conforme o Governo do Estado, foram disponibilizadas dez aeronaves particulares que levaram vacinas e enfermeiros para regiões de difícil acesso terrestre entre os meses de junho e julho deste ano. A logística utilizada foi similar às ações de combate ao contrabando de peles de jacarés e o recadastramento eleitoral, promovido nos anos de 1980 com apoio aéreo.

 

O plano de imunização instituído pelo Governo do Estado recebeu apoio do Sindicato Rural de Corumbá, garantindo a vacinação para mais de 2 mil pessoas, entre doses das Coronavac e Janssen. Com a adesão da população pantaneira à campanha foi ampliada e contou com a de apoio logístico de aeronaves disponibilizadas por proprietários rurais de Rio Verde e Aquidauana, municípios da região. Corumbá é o maior município da região do Pantanal, com cerca de 65 mil km² de área territorial.

 

Secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende destaca que a vacinação em massa foi viabilizada pelo empenho coletivo, o que possibilitou a chegada dos imunizantes às regiões mais isoladas do Pantanal. “Graças ao envolvimento de todos conseguimos que as vacinas chegassem em todos os locais. A participação dos fazendeiros ajudando a levar as doses de avião às regiões de difícil acesso é um grande exemplo de ajuda e comprometimento com a preservação de vidas”, ressaltou.

 

Divulgação/Portal MS

Aeronaves viabilizam vacinação contra Covid-19 no Pantanal

                      Aeronaves utilizada pela força-tarefa

A secretaria de Saúde de Corumbá, destinou uma cota de doses para atender a região do Pantanal, a partir disso o Sindicato Rural elaborou uma estratégia de vacinação em fazenda-polos, para atender os moradores ao redor das fazendas. De acordo com o Governo do Estado, os peões se deslocavam por meio de tratores e caminhonetes cedidas por fazendeiros. Os polos de vacinação forneceram alimentação para toda a comunidade. 

 

Presidente do Sindicato Rural de Corumbá, Luciano Leite destaca que a iniciativa foi possível a partir da mobilização coletiva. “Nem essa força-tarefa com a participação dos proprietários rurais na cedência de suas aeronaves, pilotos e estrutura nas fazendas não seria possível cumprir as metas de vacinação no Pantanal preconizadas pelo governo. Foi uma ação inédita, onde contamos com todo o apoio do Governo do Estado e das secretarias municipais de Saúde e Desenvolvimento Econômico”, completou.

 

A vacinação na região do Pantanal foi iniciada em junho deste ano em um posto montado na fazenda Novo Horizonte (região da Nhecolândia), no local foram aplicadas duas doses de Coronavac, em intervalos de 28 dias. O acesso terrestre na região é feito pela MS-228 restaurada pelo Governo do Estado, a partir da chegada da vacina Janssen, foi criada uma força-tarefa aérea com intuito de levar as vacinas aos moradores de onze fazendas-polos localizados nas sub-regiões pantaneiras da Nhecolândia, Taquari, Paraguai e Paiaguás.

 

Entre as fazendas-polos de vacinação estão a  Novo Horizonte, Cocais, Santa Fé da Corixinha, Santa Laura, São Miguel, Santa Helena, São Francisco, Piratininga, São João do Piquiri, São Francisco e Piracicaba. 

 

Luciano Leite enfatiza que as aeronaves oferecem todo suporte no transporte das vacinas, enfermeiros e administrativos para o cadastramento das pessoas imunizadas. “Cobrimos praticamente todo o Pantanal de Corumbá chegando a regiões longínquas, como a divisa com Mato Grosso”, explicou.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix