Corumbá/MS, Sábado, 08 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 07h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Auxílio emergencial de R$ 600 é prorrogado por mais dois meses

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Agência Brasil

ColunaMarcoEusébio

Decreto que prorroga por mais dois meses o auxílio emergencial de R$ 600 destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados e pessoas de baixa renda durante a pandemia da Covid-19 foi assinado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro. Com isso, cerca de 65 milhões de pessoas que tiveram o benefício aprovado receberão mais duas parcelas, no mesmo valor. "Obviamente, isso tudo não é apenas para deixar a economia funcionando, viva, mas dar o sustento para essas pessoas. Nós aqui que estamos presentes sabemos que R$ 600 é muito pouco, mas para quem não tem nada é muito", disse Bolsonaro. "São mais duas prestações e nós esperamos que, ao final dela, a economia já esteja reagindo, para que nós voltemos à normalidade o mais rapidamente possível", acrescentou o presidente em discurso no Palácio do Planalto, acompanhado pelos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, do Senado, Davi Alcolumbre e por ministros. A Lei 13.982/2020, que instituiu o auxílio, foi aprovada pelo Congresso em abril e previa a possibilidade de que um decreto presidencial prorrogasse os pagamentos, desde que mantidos os valores. Até a semana passada, o governo avaliava estender o auxílio por mais três meses, mas reduzindo o valor de cada parcela de forma decrescente, para R$ 500, R$ 400 e R$ 300. (Com Agência Brasil)

 

 

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix