Corumbá/MS, Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Domingo, 23 de Outubro de 2016, 10h:33
Tamanho do texto A - A+

Embrapa oferece armazenamento de material genético de raças comerciais

O banco de armazenamento da Embrapa conta com 12 mil amostras de DNA e tecidos de espécies silvestres e domésticas

Myllena de Luca
Capital News

Divulgação/assessoria

Embrapa oferece armazenamento de material genético de raças comerciais

A palestra no Sindicato Rural foi aberta pelo presidente da entidade, Luciano Leite

O Sindicato Rural de Corumbá, o pesquisador Arthur da Silva Mariante, da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília-DF), anunciou que o Banco Brasileiro de Germoplasma Animal (BBGA) está apto a armazenar material genético.

De acordo com a assessoria, não é apenas de raças localmente adaptadas, evitando o desaparecimento de linhagens formadoras. "A preocupação é que algumas dessas raças vêm desaparecendo em função da utilização maciça de um pequeno número de reprodutores", explicou.
 
Em Corumbá aconteceu o do 1º Workshop de Recursos Genéticos de Equídeos Localmente Adaptados. O evento ocorreu durante toda a semana, começando na fazenda Nhumirim, campo experimental da Embrapa Pantanal, continuando no auditório da Unidade e finalizando na noite de quinta no Sindicato Rural, onde produtores rurais puderam ter acesso a informações sobre a conservação de raças.

Ainda de acordo com a assessoria, o banco de armazenamento da Embrapa conta com 12 mil amostras de DNA e tecidos de espécies silvestres e domésticas. Muitas das informações estão disponíveis no sistema Alelo Animal, um software desenvolvido em parceria com os Estados Unidos e finalizado em 2014, mesmo ano em que começou a funcionar o novo prédio do banco genético da Embrapa. Lá estão armazenados material genético animal, vegetal e microbiano.
 
A palestra no Sindicato Rural foi aberta pelo presidente da entidade, Luciano Leite, e teve a participação do novo chefe geral da Embrapa Pantanal, Jorge Lara.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix