Corumbá/MS, Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Quarta-Feira, 29 de Julho de 2015, 19h:46
Tamanho do texto A - A+

Ministro da Defesa confirma acordo para compra de caças suecos e contrato será assinado em 10 dias

Apesar das dificuldades financeiras Governo mantém acordo para modernização da frota da Força Aérea brasileira

Erik Silva
De Corumbá para o Capital News

Sgt Johnson/Força Aérea Brasileira

Ministro da Defesa confirma acordo para compra de caças suecos e contrato será assinado em 10 dias

Maquete em tamanho real do Gripen NG exposta na Esplanada dos Ministérios

Corumbá (MS)- Escolhido para integrar o arsenal da Força Aérea brasileira, os caças suecos Gripen da montadora Saab, foram anunciados oficialmente como vencedores de uma licitação iniciada pelo governo brasileiro, para integrar o programa FX-2 em 2013. Desde então um longo processo de transação foi iniciado pelos governos dos dois países e um acordo enfim, foi estabelecido nesta quarta-feira (29), após três dias de negociação.

Erik Silva/Capital News

Ministro da Defesa confirma acordo para compra de caças suecos e contrato será assinado em 10 dias

Ministro informou fechamento do acordo com banco sueco e contrato deverá ser assinado em 10 dias


A afirmação foi dada pelo atual Ministro da Defesa Jaques Wagner, durante visita realizada na região da fronteira Oeste do País nos municípios de Corumbá e Ladário. Jaques afirmou que os dois países entraram em acordo após o banco sueco que financia a operação aceitando que a da taxa de juros fosse fixada de acordo com a data da assinatura do contrato e não com a taxa que vigorava em outubro, quando foram retomadas as negociações.

“Finalmente conseguimos chegar em um denominador comum, e finalizamos a negociação hoje pela manhã, o banco sueco que é o banco público que financia a operação tinha uma visão de trabalhar com uma taxa de juros, que é a taxa europeia de outubro, data de quando a negociação começou, e a demanda nossa é de que fosse assinada para taxa de juras da data de hoje da assinatura. Eles acabaram concordando foram três dias de negociação difícil, mas é um negócio importante para os suecos, é fundamental para FAB,  para engenharia aeronáutica do Brasil e para a Embraer porque nós vamos entrar em um mundo de tecnologia muito avançada, eu comuniquei hoje antes de partir para cá a presidenta Dilma do fim da negociação e eu creio que no máximo de 10 ou 12 dias já devemos estar assinando contrato de financiamento e a partir daí, devemos ter em agosto 250 brasileiros partindo para Suécia justamente para começarmos a parte de transferência de tecnologia”, afirmou o ministro.

Economia
O acordo firmado entre o governo brasileiro e o sueco proporcionou uma redução da taxa de financiamento de 2,54% para 2,19%, o que segundo Jaques Wagner confere uma importante economia ao país principalmente pelo fato do contrato ser referente a um grande volume financeiro. “A taxa ela é praticada na Europa, mas eu creio que com essa redução nas porcentagens, como o contrato é da ordem de R$ 6 bilhões de Dólares, eu diria que a gente conquistou uma economia bastante razoável dentro deste contrato.

Ele já era um bom contrato porque é um período de 25 anos com carência de oito anos e meio, mas havia esta discordância, eles queriam trabalhar com a data de assinatura do acordo comercial que foi de outubro, para sorte nossa a taxa europeia caiu desde então e nós reivindicamos o que eu acho natural, não é apenas pelo dinheiro eu não posso assinar um contrato em julho de 2015 utilizando uma taxa de outubro de 2014, eles resistiram, mas no final o banco entendeu que a nossa posição era uma posição sensata”, concluiu.

O acordo prevê a aquisição de um total de 36 aeronaves novas e os primeiros caças suecos Gripen devem estar voando em até 48 meses após a assinatura do contrato.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix