Corumbá/MS, Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Internacional
Terça-Feira, 30 de Outubro de 2018, 16h:49
Tamanho do texto A - A+

Evo parabeniza festa democrática no Brasil apesar de divergências ideológicas

Presidente boliviano esteve na manhã desta terça-feira na fronteira com Corumbá

Leonardo Cabral
De Corumbá para o Capital News

Leonardo Cabral/Capital News

Evo parabeniza festa democrática no Brasil apesar de divergências ideológicas

Após ato, Evo Morales atendeu a imprensa internacional

 

Evo Morales, presidente da Bolívia, esteve na manhã desta terça-feira (30) na cidade de Puerto Quijarro, fronteira com Corumbá, para a inauguração dos Portos Gravetal e Aguirre, que funcionam junto ao Porto Jeniffer, responsáveis a partir de agora, pela ligação do país vizinho ao Oceano Atlântico. Na oportunidade, o presidente boliviano comentou sobre as Eleições no Brasil, que elegeram como presidente, Jair Bolsonaro no último domingo (28).

 

“Eu ainda não tive a oportunidade de falar com ele, porém enviamos nossas felicitações, por meio de nota oficial do nosso governo. Também quero aqui, parabenizar a festa democrática feita pelo Brasil em escolher seu representante de forma legal e esperamos manter relações com o Brasil, como estamos fazendo com o Paraguai mesmo sabendo de algumas divergência ideológicas. Mesmo assim é necessário governar para os nossos povos de forma democrática”, afirmou Evo Morales durante coletiva de imprensa, enfatizando o trabalho em conjunto entre as duas nações.  

 

Depois de uma guerra travada com o Chile, país acusado pela Bolívia de não devolver a entrada e saída ao mar, uma das soluções encontradas foi a ativação desses portos na região fronteiriça.

 

A partir de então, o país andino poderá escoar seus produtos nacionais através deste canal, que passa pelo Canal do Tamengo, que tem incluído em sua rota, o rio Paraguai, que corresponde ao território de Corumbá.

 

O novo sistema irá ligar os novos portos, recém inaugurados, pela hidrovia Paraguai-Paraná, o que a torna uma das vias navegáveis mais extensas do planeta, com mais de 3,4 mil quilômetros de extensão.  

 

Além disso, os rios Paraguai-Paraná também cruzam pelo rio Uruguai, passando pelo Porto de Cáceres, em Brasil antes de chegar ao Uruguai e assim, seguir rota até o oceano, dando a entrada e saída da Bolívia ao mar.

 

O presidente da Câmara de Corumbá e agora deputado estadual, Evander Vendramini, eleito no primeiro turno das Eleições 2018 e o prefeito Marcelo Iunes, estiveram na companhia do presidente durante o ato de inauguração e também de navegação, pelo Canal do Tamengo.

 

Evander disse que durante o encontro em portas fechadas com o presidente boliviano Evo Morales, o mesmo o parabenizou pela vitória nas Eleições e destacou a importância do projeto para a região de fronteira entre os dois países.

 

“É um projeto que irá contribuir para a nossa região, cidades de Porto Suárez, Quijarro, Ladário e Corumbá. Isso reforça a rota bioceanica, sendo assim, a Bolívia tem papel importante, temos que ter produtos para escoar. A região de Corumbá e Bolívia é uma só região, e através desses trabalhos o reflexo é grande, como no comércio, geração de emprego de forma direta e indireta e também na economia da região toda”, mencionou Evander.

 

Leonardo Cabral/Capital News

Evo parabeniza festa democrática no Brasil apesar de divergências ideológicas

Morales navegou pelo rio Paraguai após inaugurar como internacional os portos Gravetal e Aguirre, que funcionam junto ao Porto Jeniffer

 

Leonardo Cabral/Capital News

Evo parabeniza festa democrática no Brasil apesar de divergências ideológicas

Presidente Evo Morales disse que deve manter relação econômica e política com o Brasil

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix