Corumbá/MS, Sábado, 22 de Setembro de 2018 | 15:34
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 10 de Julho de 2018, 15h:12
Tamanho do texto A - A+

Tráfego em ponte da Estrada-Parque deve ser liberado em dez dias

Estrutura foi danificada pela enchente na região e tráfego de veículos pesados havia sido proibido

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Edemir Rodrigues / Governo de MS

Tráfego em ponte da Estrada-Parque deve ser liberado em dez dias

Ponte de vazão sofreu danos estruturais durante a forte enchente na região

 

A ponte de madeira na MS-184, conhecida como Estrada-Parque, localizada no Pantanal de Corumbá deve ser liberada em dez dias. A estrutura foi danificada pela pressão da correnteza, durante enchente dos rios Aquidauana e Miranda, e foi interditada pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), em janeiro.

 

Com a força da água, ocorreu o deslocamento de um dos pilares da ponte, tirando-a do eixo central. O tráfego de caminhões e cargas foi suspendido como medida preventiva para evitar acidentes. O desvio para veículos pesados pelas rodovias BR-262, MS-432 e MS-228 garantiu o acesso às fazendas e o transporte de gado.

 

Com o nível das águas voltando ao normal, foi construído um desvio ao lado da ponte como opção de tráfego enquanto é executa a recuperação da estrutura danificada. A ponta será praticamente desmontada para ajustar os jogos de esteio de aroeira comprometidos.

 

O comprometimento da ponte não causou prejuízos aos produtores rurais e empresários do setor de turismo. A Estrada-Parque tem uma extensão de 120 km e fica localizada no Pantanal da Nhecolândia, um dos centros criatórios de gado. A estrada é um dos principais destinos de ecoturismo do Estado e também de escoamento da produção pecuária da região.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix