Corumbá/MS, Domingo, 19 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 16 de Março de 2019, 08h:34
Tamanho do texto A - A+

Procon realiza 3.043 atendimentos em Corumbá

Ranking divulga número de atendimentos realizados pelo órgão.

Flavia Andrade
Capital News

Renê Carneiro/PMC

Procon realiza 3.043 atendimentos em Corumbá

Ranking divulga número de atendimentos realizados pelo órgão.

 

Em alusão ao dia do consumidor, o Procon ofereceu um café da manhã para os consumidores que procuravam o local buscando uma solução para os seus problemas.

 

Segundo o diretor-executivo da Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) Vital Gonçalves Miguéis, "Todos os anos divulgamos qual foi à empresa que recebeu maior índice de reclamação, em anos anteriores tínhamos sempre a empresa de telefonia como recordista, mas no ano passado tivemos um problema com a empresa de saneamento, que estava cobrando uma tarifa mínima de dez metros cúbicos dos consumidores, independente de quanto eles consumissem, mas como foi criada uma lei municipal, na qual a empresa deve cobrar o real consumo da população, agora esse empasse está sendo decidido judicialmente porque a empresa alega ter o direito de cobrar essa taxa mínima", afirma. 

 

Conforme os dados do ranking divulgados neste mês, a empresa de saneamento de Mato Grosso do Sul S.A. teve 89 ocorrências, em segundo lugar ficou a empresa Oi S.A. com 58 reclamações e em terceiro lugar ficou a Energisa Mato Grosso do Sul distribuidora de energia com 51 queixas.

 

No ano passado, o Procon realizou 3.043 atendimentos, sendo feitas 569 audiências. Já em 2019, de janeiro até o dia 14 de março foram feitas 770 atendimentos e 132 audiências, sendo que desses 770 atendimentos, 179 foram da Energisa.

 

Ainda segundo diretor-executivo, Vital Miguéis, "Já este ano se continuarmos nesse fluxo de reclamações, ano que vem teremos a Energisa como líder nesse ranking. E de todas as reclamações que recebemos sempre são os moradores alegando um aumento abusivo no valor da conta e esse aumento se deve aos impostos que também tiveram uma alta. A única brecha que encontramos para notificar a empresa foi que ao realizar a troca dos medidores ela devia ter informado à população que essa troca seria feita, mas isso aparentemente não foi feito e nisso que estamos notificando a empresa", esclareceu o diretor-executivo lembrando que o "consumidor também deve ficar atento ao ciclo de fechamento da sua fatura e se houver diferença nisso procurem fazer uma perícia", conclui.

 

O Procon atende de segunda-feira à sexta-feira, das 07h30 às 13h30, a Rua 7 de Setembro, 322.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix