Corumbá/MS, Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018 | 21:21
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 02 de Agosto de 2018, 16h:59
Tamanho do texto A - A+

Círculo de Construção de Paz e Constelação Familiar evitam ações judiciais em Corumbá

Defensoria Pública tem usado método para solucionar conflitos sem a necessidade de ações judiciais

Leonardo Barbosa
Capital News

Defensoria Pública do MS

Círculo de Construção de Paz e Constelação Familiar evitam ações judiciais em Corumbá

Desde o início do ano, a Defensoria já promoveu quatro ações extrajudiciais, todas com resultados positivos

A Defensoria Pública do estado, tem usado um novo método para evitar ações judiciais em questões familiares em Corumbá. São os chamados ‘Círculos de Construção de Paz e a Constelação Familiar’. As medidas têm colaborado para casos como guarda e alienação parental – que é quando um dos pais faz ‘campanha’ para desqualificar o comportamento de um dos genitores com a finalidade de dificultar a convivência familiar.

 

Círculo de Construção de Paz

Este método consiste na formação de uma roda de pessoas para proporcionar aos assistidos, um diálogo acompanhado pela defensora pública, com algumas regras por todos os componentes do círculo. É estabelecido o objeto da palavra de cada participante, conduzido por perguntas pensadas e organizadas pelos coordenadores do processo, para que eles possam partilhar ideias.

 

Constelação familiar

É um método psicoterapêutico com indivíduos ou um grupo que se une para formar um inconsciente coletivo e solucionar emaranhados de relacionamentos, que às vezes estão vinculados ao passado daquela pessoa. O método abrange quatro áreas: familiar, empresarial, escolar e, agora, o jurídico.

 

A defensora pública Jamile Gonçalves Gonçalves Serra Azul, que atua nos dois métodos, explica que uma equipe psicossocial da Defensoria faz a triagem dos casos antes de encaminhar para as conciliações.

 

 

“A adoção dos Círculos de Justiça Restaurativa e Construção da Paz, pela Defensoria Pública, tem promovido a cultura da paz entre os assistidos. Mas antes de aplicar os métodos extrajudiciais, os assistidos precisam passar por uma análise de especialistas que vão determinar se essas atividades terão efeitos positivos”, afirmou.

Defensoria Pública do MS

Círculo de Construção de Paz e Constelação Familiar evitam ações judiciais em Corumbá

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix